top of page

Leia aqui um poema de "bentágua", de N.N. Ferreira:

 

Loucaflor

 

Muito seguro eu ouço melodias de silêncio

Entre os meus pensamentos ela coube em menos de

Um segundo

E os raios azuis invadindo minha sala escura outra vez

Apenas um vício novo

Os loucos sons do amor outra vez

Por bem e por mau dentro de mim estou entregue

Para uma loucaflor com grandes beijos

Para uma loucaflor com grandes beijos

Caindo para os seus gestos

Perdido entre todas as suas coisas

Dando os braços para o invisível

Certo que está dentro dos olhos dela

A verdade que protege o meu universo

Eu toco com um desejo simples o solo virgem dos sonhos

Sem hesitar e sempre à espera da chave

Que ela guarda para abrir os dias mais bonitos

Ao fundo do céu brilhante nos seus negros e longos cabelos

Mesmo conformado aonde nunca cheguei

Sem mesmo as pétalas de papel carbono

Perdendo o jogo sem mostrar as cartas.

bentágua, de n.n. ferreira

R$ 45,00 Preço normal
R$ 40,00Preço promocional
  • N. N. Ferreira, nasceu em abril de 1988 na Asa Sul em Brasília. Além de poemas, escreve contos, gênero com o qual estreou na literatura. É entusiasta de cinema e futebol. Das narrativas mais engenhosas dos grandes até as inéditas que procuram instrumentos humanos que estão destinados a contá-las e não sabem disso, eis o mundo que para si possui o gosto ímpar da criação.

bottom of page