top of page

Leia aqui um poema de "nua e crua", de Amanda Rosa:

 

BEM-ME-QUER

 

Sangue, suor, saliva

Entranhas

 

Quantos glóbulos vermelhos

Somados a um e

Despejados no ser

 

Ser vivo

Ser puro

Ser cor

Ser escuro

Ser pobre

Ser rico

 

A vida que nasce

Do sujo, do nojo, do abuso

 

Teu sangue tão límpido e cru

Teu sangue tão cheio de “tu”

 

Nessa identidade

Destituída de odor

Corrente nos átrios

nua e crua, de amanda rosa

R$ 45,00 Preço normal
R$ 40,00Preço promocional
  • Amanda Rosa, nome de ser amado e de flor. Ribeirinha rondoniense nascida e criada na cidade da Madeira-Mamoré, ora moradora do norte ora do mundo. É engenheira civil, empreendedora no ramo da construção e da alimentação vegetariana, e na escrita encontrou seu refúgio – de sentimentos e de exatidões.

    Expõe, com voracidade, o próprio cerne em seu livro de estreia Nua e Crua, rasgando-se e se refazendo diante do leitor a cada página.

bottom of page